8 regras essenciais para integrar a cozinha e a sala

Postado em 18/08/2016

8 regras essenciais para integrar a cozinha e a sala

A cozinha perdeu metragem nos apartamentos atuais, mas nunca deixou de ser um dos locais mais amados e frequentados da casa. Afinal, tem coisa mais gostosa do que compartilhar o preparo das receitas com os convidados? A solução para evitar o aperto, portanto, é eliminar as barreiras que separam este cômodo do estar. Com essa proposta, Minhacasa pediu ao arquiteto paulista José Luiz Favaro que listasse as regras mais importantes para quem quer integrar os dois ambientes, confira:

  Nada de sair marretando as paredes! Antes de tudo, é fundamental pedir uma avaliação a um engenheiro ou arquiteto, que apontará quais divisórias podem ir abaixo e se será preciso prever algum reforço estrutural. Assim, você garante a sua segurança e a dos vizinhos.

 

Usar o mesmo piso nos dois ambientes é o jeito mais simples de conquistar a união visual – nesse caso, escolha um acabamento lavável –, mas saiba que é possível misturar materiais. O uso de soleira é bem-vindo, principalmente se os revestimentos tiverem espessuras variadas.

 

 Invista em uma boa coifa ou depurador! O equipamento deve ter alta capacidade de sucção (volume de ar que consegue absorver para devolver limpo), no caso do depurador, ou de vazão livre (capacidade de aspirar e expelir a fumaça da exaustão), no caso da coifa. Assim, a sala não ficará cheirando toda vez que você cozinhar.

 

 Fazer frituras é um hábito? Então é melhor repensar e abrir mão da união dos ambientes! “Não há coifa que vença, e a casa fica mesmo engordurada”, diz Favaro. Uma alternativa é um passa-prato que possa ser fechado na hora de fritar.

 

 Em um ambiente com poucos armários, aposte em utensílios bonitos e deixe-os à mostra. Mas sempre pense na funcionalidade: se a batedeira é linda, mas quase não é utilizada, só vai atrapalhar deixá-la sobre a bancada. Já uma bela cafeteira, usada diariamente, tem lugar garantido.

 

 Cozinha americana pode ter um balcão de refeições sobre meia parede ou uma mesa convencional. O arquiteto dá as alturas padrão: balcões ficam a 1,10 m do piso e mesas, a cerca de 70 cm. Se fugir muito dessa medida, não será fácil encontrar banquetas e cadeiras compatíveis.

 

 Na hora de bolar o projeto de decoração, pense nos ambientes unidos como se fossem um só. Estabeleça um único estilo para a decoração e a mesma paleta de cores.

 

 Valorize a parede da pia: essa superfície geralmente fica em evidência ao olhar da sala para a cozinha. Vale apostar nas tradicionais pastilhas, em um mix criativo de ladrilhos (como fizemos aqui), em adesivos impermeáveis... São infinitas as possibilidades de materiais – só fique de olho se a opção eleita aceita bem o contato com a água.

 

Fonte: Site Minha casa/Uol

Fonte da Imagem:Google Imagens

Link da fonte: http://minhacasa.uol.com.br/noticias/minha-casa/8-regras-essenciais-para-integrar-a-cozinha-e-a-sala.phtml#.VV4_a_lVikp

 

Outras Notícias

 

Aprenda a criar um belíssimo jardim vertical e alegrar as paredes da sua casa
Postado em 13/04/2017

1º PASSO: ESCOLHA DA ÁREA

A área que receberá o jardim vertical dependerá das plantas que farão parte do projeto. Para plantas de sombra, a área deve ser sombreada ou o jardim deve ser montado no interior da casa. Plantas d...
leia mais »

Aprenda a criar um belíssimo jardim vertical e alegrar as paredes da sua casa
Postado em 03/04/2017

1º PASSO: ESCOLHA DA ÁREA

A área que receberá o jardim vertical dependerá das plantas que farão parte do projeto. Para plantas de sombra, a área deve ser sombreada ou o jardim deve ser montado no interior da casa. Plantas d...
leia mais »

Cortina ou persiana? Escolha o modelo ideal para cada ambiente
Postado em 27/09/2016

Responsáveis por dar um toque final à decoração, as cortinas e persianas são itens que valorizam os ambientes. Mas, além do efeito estético, elas também impedem a entrada excessiva de luz e poeira, e reforçam a privacidade. Escolher o...
leia mais »